Ana Paula Arósio arrasando na capa da revista CLAUDIA


Há dois, Ana Paula Arósio vive em uma pequena cidade da Inglaterra com o ma­rido, o arquiteto e cavaleiro Henrique Pinheiro. Sua participação mais recente na TV brasileira foi em 2010, na minissérie Na Forma da Lei, e depois disso realizou trabalhos pontuais no cinema.

Na capa de CLAUDIA, a atriz apareceu pela última vez em abril de 2004, quando tinha 28 anos, e se dividia entre a minissérie Um Só Coração e a criação de cavalos em seu sítio, no interior de São Paulo. Na época, fazer cinema era seu maior desejo, e casamento não estava nos planos. Hoje, aos 40 anos, ela se declara mais segura e tranquila.

Longe da TV, escolhe a dedo os projetos cine­matográficos de que quer participar, como o lançamento, em novembro, do filme A Floresta Que Se Move,dirigido por Vinícius Coimbra. O longa faz uma releitura de Macbeth, de Shakes­peare.

image003

Na entrevista para a revista CLAUDIA, a paulistana fala do filme, da rotina em outro país, de cuidar da horta e preparar o jantar para o marido e dos planos que tem com ele, com quem divide a paixão por cavalos. Confira alguns trechos:

 A chegada aos 40

“Sou bem mais feliz agora. Muito do que me tira­va do sério antigamente hoje não me incomoda mais. Morar fora também exige flexibilidade.”

A preparação para o filme

“Intensa. Eu estava cheia de teia de aranha, pois não trabalhava havia muito tempo. Pegar um personagem denso de cara era um desafio. Tive ajuda da Rossela Terranova (preparadora de elenco da Globo) e fiz um trabalho com o Ga­briel Braga Nunes para que o casal tivesse unidade.”

Sobre a falta dos trabalhos na TV

“Na verdade, não penso em voltar pa­ra um veículo ou outro. O papel tem que me inte­ressar. Se for bacana, com gente legal, que dê te­são, volto para a TV ou teatro daqui ou da China.”

A carreira prematura

“Desde menina eu queria parar de trabalhar ce­do para curtir a vida. É comum ouvir: ‘Quando eu me aposentar, vou…’, mas aí a pessoa está cardíaca, diabética, não consegue andar e gasta todo o dinheiro que juntou com hospital. Quis gastar comigo antes disso.”

Sobre os planos de aumentar a família

“Estamos deixando para Deus decidir.”

 

Sobre tricoatres (577 Artigos)
Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!