Baby Yoga desenvolve habilidades e laço fraternal entre mãe e filho

baby yoga, yoga, mãe, filhos, bebê Divulgação

O yoga é uma ótima prática para estreitar a relação entre mãe e bebê e trazer autoconhecimento. A atividade permite que mulher explore seu novo corpo e papel, assim como a criança irá explorar sua vida e seu novo mundo.  O Yogaway,  primeiro portal com recurso exclusivo para montar aulas próprias em diversos segmentos como Yoga e Pilates, apresenta o  segmento de Baby Yoga composto por diversas posturas para serem feitas em conjunto com o neném. É um momento que a mãe tira para se cuidar e ao mesmo tempo estar mais próxima ao seu filho, cultivando uma prática saudável e agradável para ambos.

De acordo com Luiz Albertini, praticante, professor de yoga e idealizador do Yogaway, a atividade com o bebê é uma oportunidade de desenvolvimento neuromuscular e psicomotor para criança, despertando a maior consciência corporal e espacial. “Tudo se torna mais natural, pois a mãe tem a oportunidade de aprimorar o poder da observação e entender que a criança tem fases, picos de transformação, crescimento e mudanças constantes, o que irá ajudá-la a responder melhor às suas necessidades e tornar-se mais confiante em suas capacidades e habilidades maternas”, explica Albertini.

Mesmo não executando as posturas os bebês são muito observadores e sentem-se livres para explorarem seus corpos, desenvolvendo maior confiança para se expressar, engatinhar, sentar e andar. Além disso, o fato de estar envolto na atmosfera amorosa e compreensiva que a prática em conjunto com a mãe proporciona, é uma das ferramentas para que mãe e filho estejam mais ligados, sintonizados e próximos. “Nesta prática não é um problema chorar ou parar para amamentar, pelo contrário, é momento para colocar o yoga em profundidade na prática, encontrando o seu centro e espaço de paz para lidar com o caos e com os imprevistos, sem perder a paz ou sem perder-se de si”, explica o idealizar do portal.

O Baby Yoga também auxilia a mulher a recuperar tônus muscular e fortalecer o abdômen, períneo e assoalho pélvico, além de ajudar nos desconfortos que advêm da amamentação. Na pratica pós-parto e no Baby Yoga a mãe tem a oportunidade de reconhecer as mudanças físicas da maternidade, sem se obrigar a ser o que era, aumentando a autoestima e a autoimagem que tem sobre seu novo corpo, procurando restabelecer sua forma após o parto sem sofrimento.

Como o bebê está envolvido na prática, ela deve se estender pelo tempo que estiver bom, confortável e agradável para os dois. Cada mãe e bebê devem definir o tempo ideal para ser proveitoso para ambos.

 

Sobre Yogaway

Idealizado pelo praticante e professor apaixonado pelo Yoga, Luiz Albertini , o portal Yogaway chega com um sistema inovador e o melhor das práticas de saúde e bem-estar. Agora não há mais desculpa para não praticar! É acessível, prático e organizado em segmentos para Atletas, Office, Mulheres, Gestantes, Pós-parto, Baby Yoga, Casal, Kids, Teens, Homens, Maturidade e Plus Size, com o recurso exclusivo de montar suas próprias aulas, além dos mais de 5.000 vídeos explicativos das posturas e exercícios. Conheça : http://www.yogaway.com

Sobre tricoatres (577 Artigos)
Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!