Com grãos 100% brasileiros, Suplicy Cafés oferece linha de cápsulas especiais


O Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo e “tomar um cafezinho” já uma expressão típica dos brasileiros. Com 14 anos de história, Suplicy Cafés Especiais foi a primeira cafeteria a trazer para o Brasil o conceito de café especial e reforçar os diferentes sabores que vão muito além do tipo mais básico da bebida, o tradicional. A marca também oferece a possibilidade de consumir seus cafés de alta qualidade além das cafeterias, em casa ou no trabalho, por meio de sua suas cápsulas especiais.

Em embalagens com 10 unidades, são quatro linhas de cápsulas, com grãos 100% brasileiros, do tipo arábica, criteriosamente selecionados: TORRA CLARA – R$ 19,90 (frutado, corpo suave, adocicado e com pouca acidez), TORRA MÉDIA – R$ 19,90 (maior equilíbrio entre corpo, acidez e doçura), TORRA ESCURA – R$ 19,90 (sabor mais intenso, encorpado, sem presença de acidez) e ORGÂNICO – R$ 20,70 (notas florais, corpo bem presente, leve acidez cítrica e doçura).

As cápsulas podem ser encontradas em todas as lojas da marca, nos parceiros do trade e na loja online http://loja.suplicycafes.com.br/.

Mais detalhes:

TORRA CLARA

Grãos de espécie 100% arábica da variedade Bourbon Amarelo da Fazenda Santa Alina, localizada na Região do Vale da Grama em São Sebastião da Grama, em São Paulo. Tem como principais características sabor e corpo suaves, aroma floral com acidez cítrica marcante e doçura presente.   É certificado pela BSCA (Associação Brasileira de Cafés Especiais), que audita e aprova suas práticas ambientais e sociais, com garantia do selo de qualidade numerado disponível na parte traseira dos pacotes.

Safra: 2015/2016 – Classificação: 84 pontos – Sugestão de preparo: métodos: coador (filtrado) e prensa francesa

 

TORRA MÉDIA

Blend de grãos de espécie 100% arábica variedade Mundo Novo, Catuai e Itacú Amarelo das Fazendas Santa Alina na região de São Sebastião da Grama, em São Paulo, e Fazenda Pinhal em Santo Antônio do Amparo, Sul de Minas Gerais. Tem como principais características aroma frutado e levemente cítrico com corpo e acidez balanceados.  A Fazenda Santa Alina é certificada pela BSCA (Associação Brasileira de Cafés Especiais), que audita e aprova suas boas práticas ambientais e sociais, com garantia do selo de qualidade numerado disponível na parte traseira dos pacotes. A Fazenda Pinhal tem as certificações internacionais UTZ e RAINFOREST ALLIANCE.

Safra: 2016/2016 – Classificação: 82 pontos – Sugestão de preparo: métodos: espresso, coador (filtrado), prensa francesa e cafeteira italiana.

 

TORRA ESCURA

Grãos de espécie 100% arábica variedade Mundo Novo e Catuaí Vermelho da Fazenda Castelhana, localizada em Monte Carmelo no Cerrado Mineiro. Tem como principais características sabor e corpo intensos com notas achocolatadas e amadeiradas, não apresenta acidez.  Tem certificações pela UTZ e CACCER Três Estrelas.

Safra: 2015/2016 – Classificação: 81 pontos – Sugestão de preparo: métodos: turco, espresso, coador (filtrado), cafeteira italiana e prensa francesa.

 

ORGÂNICO

Grãos de espécie 100% arábica variedade Icatú Precoce da Fazenda Camocim, localizada em Domingos Martins, nas montanhas do Espírito Santo. Tem como principais características notas florais, por ser de torra media escura, não chega a ser encorpado como os grãos de torra escura, mas com corpo bem presente, leve acidez cítrica e uma doçura que lembra mel.  

Os grãos usados pela Suplicy Cafés Especiais são orgânicos/biodinâmicos, com certificação da BSCA (Associação Brasileira de Cafés Especiais), IBD Orgânico, DEMETER (bio dinâmico) e SISORG.

Safra: 2015/2016 – Classificação: 83.5 pontos – Sugestão de preparo: métodos: turco, coador (filtrado), espresso, prensa francesa e cafeteira italiana.

 

Sobre tricoatres (560 Artigos)
Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!