Como realizar um casamento ao ar livre

casamento, casamento ao ar livre, amor, relacionamento Reprodução

O casamento ao ar livre vem tornando-se uma tendência no Brasil e parece ter vindo para ficar. A natureza, aliada a criatividade de noivos e cerimonialistas, fazem com os estes casamentos sejam sempre lindos e cheios de surpresas. Um paisagismo bem feito, com flores e árvores bem cuidadas, são o plano de fundo perfeito para uma cerimônia inesquecível, além de resultarem em lindas fotos.

Entretanto, para realizar um casamento ao ar livre é necessário muita preparação e uma equipe de apoio super comprometida com o evento. Afinal, imprevistos acontecem! Por isso, a cerimonialista Shalimar Catramby, responsável pela Casa de Festas Casuarinas, dá dicas para a realização de um casamento ao ar livre perfeito.

Planejamento

Realizar um casamento ao ar livre pode ser mais complicado do que um tradicional, mas o resultado vale a pena. Se o casamento for realizado numa casa de festas, a estrutura do estabelecimento já é completamente preparada para receber o evento e contornar qualquer contratempo. Já se o casamento for ocorrer em uma praia, por exemplo, será necessário contratar toda uma estrutura pensada especialmente para o evento, que demanda muito tempo e trabalho. Por isso, planejar o casamento com antecedência é fundamental.

Épocas de chuva

No Brasil, o verão é a época em que mais chove, ou seja, de dezembro a março, o que não significa que não vá chover o resto do ano. Por mais que se planeje um casamento, nunca é possível saber se naquele dia choverá. Por isso, ter uma estrutura especialmente montada para o evento é importante. No caso de chuva, a área do casamento pode ser coberta ou o evento transferido para outro espaço. Se ocorrer um problema de falta de eletricidade, é preciso ter um gerador.

Estrutura

A estrutura mínima para uma cerimônia de casamento ao ar livre consiste em um altar, a área dos convidados, com cadeiras e bancos para eles sentarem, e também um espaço para a banda ou pessoa que tocará as músicas escolhidas para este momento, além da iluminação, quando necessário. Para tanto, se não houver uma fonte de energia elétrica perto, será necessário contratar um gerador. Já para a festa, a estrutura é mais complexa: mesas e cadeiras para os convidados, uma mesa para os noivos, outra para o bolo, além de uma cozinha completa para o buffet poder preparar e servir comidas e bebidas. Talheres, pratos, copos e taças também são itens que precisam entrar na lista, além de toda a decoração, iluminação e cenografia que os noivos desejarem. Também é preciso pensar na sonorização da festa, com DJ ou banda, o local onde eles vão ficar e também se há pontos de eletricidade perto ou se há necessidade de gerador. Se o espaço escolhido pelos noivos não tiver banheiro, também será necessário contratar o serviço de banheiros químicos.

Conforto

É necessário pensar no conforto dos convidados. Em dias de calor intenso, eles podem receber uma garrafinha de água bem gelada logo que chegam ao local, assim como abanadores e até uma sombrinha. Já em dias de frio, pode-se servir um chocolate quente. É muito importante que todos sintam-se bastante confortáveis para que o casamento ao ar livre seja perfeito e um verdadeiro sucesso.

Sobre tricoatres (577 Artigos)
Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!