Como ter o corpo dourado e sem ressecamento no verão

Sol e piscina deixam a pele ressecada e desidratada no verão, mas alguns cuidados podem ser adotados, como hidratação após a exposição solar


Normalmente, durante o verão a pele fica mais ressecada e desidratada, por causa da exposição solar, piscina e vento. “No caso do sol, suamos muito, então, perdemos muita água e sais minerais que são importantes para manutenção da nossa proteção natural”, afirma Mika Yamaguchi, farmacêutica e consultora técnica da Biotec.

O sal presente na água do mar desequilibra o “manto hídrico lipídico” e com a potencialização da perda de água no organismo, ocorre a desidratação. “A presença do vento muitas vezes, faz com que sequer sentimos o calor e ficamos mais tempo ao sol, literalmente ‘tostando’. No caso da piscina, a presença de cloro é o grande vilão, além também de ressecar bastante a pele”, declara a farmacêutica.

O ressecamento é grande problema dessa época
Para Mika Yamaguchi, pode-se dizer que o ressecamento é, de fato, um grande problema no verão, mas a exposição inadequada ao sol também representa riscos para a pele. “É muito comum ocorrer, por exemplo, ardências e vermelhidão, os quais poderão se tornar danos no futuro ou predisposição a doenças de pele”, afirma.

A consultora alerta para os excessos de banhos e uso de sabonetes não adequados, que removem “toda a proteção natural da pele”. Dessa forma, no caso, a tendência é que haja ressecamento e desidratação.

Hidratar a pele
Para proteger a pele contra a exposição solar, Mika Yamaguchi destaca que é essencial manter a hidratação. “Quando estamos bem hidratados, protegemos mais a nossa pele da exposição solar e as agressões externas. A pele é a nossa primeira barreira de proteção. Quando ela esta desgastada com falhas nesta barreira é uma porta aberta para invasão, com danos causados pelos raios, como microrganismos, bactérias e sujeiras. Tudo isso pode causar irritações, inflamações e também o envelhecimento precoce”.

A hidratação da pele após a exposição é importante para que haja a recuperação de suas defesas naturais. “Dessa forma, no dia seguinte, a pele estará com as barreiras de proteção mais fortes e será menos agredida e exposta a agressões”.

A consultora técnica menciona que os filtros químicos e suas fragrâncias podem contribuir para quadros alérgicos. “O rosto sempre é bem protegido, mas o que denuncia a idade são as nossas mãos, além do corpo, que tem uma exposição muito maior no verão, quando não tem a proteção correta”.

Benefícios e importância dos hidratantes pós-sol
Ao contrário dos hidratantes corporais convencionais, os hidratantes pós-sol possuem ativos essenciais para reestabelecer as defesas naturais da pele. Os produtos possuem ainda sistema antioxidante avançado e ativos com efeito calmante, segundo Mika Yamaguchi.

Sobre tricoatres (571 Artigos)
<p>Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!</p>