Cuidados com a pele do bebê no inverno

Com a queda das temperaturas, os problemas dermatológicos podem se manifestar com mais facilidade

bebê, cuidados inverno, pele Reprodução

Que a pele do bebê é sensível e requer cuidados extras, não é nenhuma novidade. A chegada do frio faz com que as dúvidas em relação aos cuidados com a pele do bebê no inverno aumentem. Confira abaixo algumas sugestões para ajudar a identificar o produto certo para usar, qual a quantidade correta e a frequência.

No inverno, a pele tende a ressecar e desidratar, agravando a sensibilidade. Por ter uma cútis ainda mais delicada, os bebês podem sofrer mais com esses problemas, que se não forem cuidados, acarretam complicações como descamação e lesões na pele, que podem ser uma porta de entrada para bactérias.  

Para evitar o ressecamento da pele do bebê no inverno, o ideal é abusar de loções desenvolvidas exclusivamente para os pimpolhos. Estes produtos estão liberados para uso desde os primeiros meses de vida e são parte importante na rotina de cuidados com os pequenos.

Algumas outras dicas podem ajudar no combate ao ressecamento, como por exemplo, evitar banhos quentes e demorados. Essa medida pode ser bastante eficaz, já que o contato prolongado com a água resseca a pele. O ideal é dar banho rápido, com sabonete desenvolvido especialmente para a pele do bebê e, em seguida, caprichar na aplicação do hidrante. Outra medida importante é proteger o bebê do frio e do vento, porém sem excessos, uma vez que a transpiração em excesso pode causar coceiras e lesões.

“O frio pode ser muito prejudicial à pele do bebê, por isso, as mães precisam ficar ainda mais atentas durante o inverno. Alguns cuidados simples, como o uso de hidratantes pode prevenir diversos problemas dermatológicos”, afirma Sabrina Battistella, pediatra da Johnson & Johnson.

Confira algumas loções disponíveis no mercado:

bebê, pele bebê. inverno. loção hidratante

Sobre tricoatres (577 Artigos)
Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!