O poder e benefícios do laser na estética

De pequenas manchas de pele a vasinhos, tratamentos a laser estão cada vez mais populares e atingem resultados cada vez melhores  

estética, laser Reprodução

Apesar de ter sido criado há mais de 50 anos, o laser se popularizou como tratamento estético nos últimos dez anos e, nos últimos cinco, tornou-se ainda mais presente no cotidiano e mais acessível para as brasileiras. A tecnologia avançou e, hoje, as possibilidades são muitas: de rejuvenescimento facial e remoção de tatuagens e manchas de pele até secagem de vasinhos e depilação definitiva, o laser vem colaborando para que homens e mulheres recuperem a autoestima e possam tratar pequenos problemas de forma segura, rápida e não-invasiva.

O laser é um feixe de luz concentrada, que produz grande quantidade de energia e calor. “Hoje em dia, são muitas as aplicações, inclusive na medicina estética. Temos equipamentos diferentes, cada um voltado para um objetivo. A potência e o comprimento de onda do laser variam de acordo com o tipo de tratamento e é isso que garante resultados e propósitos diferentes”, explica a doutora Adriana Benito, médica especialista da Pró-Corpo Estética Avançada. 

Para remoção de tatuagens, por exemplo, é aplicado um laser de alcance médio, o Nd-YAG, que atinge apenas o pigmento, quebrando a tinta em micropartículas que depois são eliminadas naturalmente pelo corpo. Nesse caso, o disparo atua apenas na tatuagem, sem prejudicar as demais células ao redor.

Já a depilação definitiva é realizada por meio do laser de diodo, cuja onda de energia é atraída apenas pela melanina do pelo, conduzindo o calor por todo o folículo e destruindo o bulbo capilar. Para preservar a pele, os disparos devem ser rápidos e a intensidade deve variar de acordo com o tipo de pele. Peles bronzeadas e negras requerem cuidados redobrados em função da concentração de melanina.

Na medicina estética, o laser de CO2 fracionado é um dos mais modernos e mais procurados. Nos procedimentos de rejuvenescimento da pele, promove uma leve queimadura na pele, que, em pouco tempo, descama. Durante o processo de cicatrização, a produção de colágeno é estimulada, melhorando a aparência de rugas finas e também de cicatrizes. 

Por serem muito potentes, os tratamentos por meio de laser devem ser manuseados por profissionais experientes, garantindo a segurança do procedimento. Depois, é necessário evitar a exposição ao sol, até que a pele se recupere por completo.

Sobre tricoatres (571 Artigos)
<p>Três mulheres tricotando sobre o universo feminino. Uma mãe, uma indecisa na vida e o último elo dessa tríade venusiana: uma jovem baladeira!</p>